DPVAT 2019 RJ – CONSULTA, TABELA, VALOR, PAGAMENTO

O seguro obrigatório DPVAT 2019 RJ é cobrado anualmente juntamente com o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, que é mais conhecido popularmente como IPVA, e sua cobrança é feita pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro por meio do DETRAN.

Os contribuintes que são proprietários de veículos automotores são obrigados a pagar pelo seguro DPVAT RJ, sendo que seu pagamento pode ser realizado juntamente com a primeira parcela do IPVA.

No entanto, muitos são os contribuintes cariocas que simplesmente não sabem qual a real importância do seguro DPVAT 2019, e por conta disto, nas próximas linhas deste artigo nós vamos mostrar em detalhes como se dá o seu funcionamento, entre outras coisas.

DPVAT 2019 RJ

O seguro DPVAT RJ segue o que foi instituído pelo governo militar entre os anos de 1974 e 1975, quando foi criado o Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres, com a intenção de dar às vítimas de acidentes de trânsito algum tipo de indenização.

Pessoas que sofreram algum acidente de trânsito que de consequências graves e que causou morte ou invalidez de algum tipo (permanente ou não) têm direito a dar entrada para receber a indenização do seguro DPVAT RJ (no caso de morte, quem dá entrada são os herdeiros da vítima).

DPVAT 2019 RJ

Além disto, o seguro DPVAT 2019 RJ também oferece indenização para cobrir despesas médicas e hospitalares ocasionadas pelo acidente de trânsito, e quem financia estas indenizações são os próprios contribuintes, por meio dos pagamentos anuais que são realizados.

Leia também:

Portanto, aos contribuintes caberá a importante tarefa de se comprometer a pagar o seguro DPVAT RJ, rigorosamente, em dia, já que tanto motoristas quanto pedestres dependerão disto para ter a proteção.

Está gostando do conteúdo? Deixe seu like nas rede sociais ao lado e ajude o site a crescer! Caso tenha alguma dúvida, basta comentar nas nossas redes sociais.

Como consultar DPVAT 2019 RJ

O DPVAT Rio de Janeiro é administrado pela Seguradora Líder, em conjunto com o DETRAN do Estado do Rio de Janeiro, e para o contribuinte que deseja muito pagar sempre em dia este seguro obrigatório, será fundamental realizar a consulta DPVAT RJ.

Ao fazer esta consulta o contribuinte passa a ter condições de se programar e se organizar financeiramente para garantir que o pagamento do seguro DPVAT 2019 RJ esteja sempre em dia, evitando cobrança de multa por atraso e outros tipos de penalização.

DPVAT 2019 RJ

A consulta do seguro DPVAT RJ 2019 poderá ser feita por meio do passo a passo a seguir. Acompanhe!!


Passo 1: Acesse o site do DETRAN do Estado do Rio de Janeiro, que é o (www.detran.rj.gov.br) e procure inserir o número do RENAVAM do veículo que deseja consultar, entre outras informações.


Passo 2: Após preencher todas as informações solicitadas e clicar em “Consultar”, o contribuinte passará a ter acesso a todas as informações mais importantes sobre o DPVAT RJ, incluindo o valor que será pago, podendo se programar, evitando sustos.


Valor DPVAT 2019 RJ

Outra importante ferramenta que auxiliará o contribuinte que deseja se programar melhor para fazer o pagamento do seguro DPVAT RJ será a tabela Seguradora Líder, que é divulgada de modo atualizado todos os anos.

DPVAT 2019 RJ

Nesta tabela, que é divulgada pela empresa que administra o seguro obrigatório DPVAT 2019 RJ, o contribuinte conseguirá visualizar todas as categorias de veículos automotores que são taxadas por este tributo, bem como todos os valores respectivos.

Leia também:

A tabela poderá ser acessada por meio do site da seguradora líder que é o site oficial do seguro, e permitirá ao contribuinte descobrir qual o valor que lhe será cobrado pelo seguro obrigatório.

Pagamento DPVAT 2019 RJ

DPVAT 2019 RJ

Para garantir que nenhuma multa por atraso ou nenhum outro tipo de penalização lhe seja imposta, o contribuinte deverá efetuar o pagamento do seguro DPVAT RJ rigorosamente em dia.

E para conseguir fazer isto, ele terá de emitir a guia de pagamento, que será impressa por meio de um procedimento bem simples e super prático, a partir do site da Seguradora Líder.

O número do RENAVAM do veículo em questão, bem como o número da placa, terão de ser informados, assim como o estado no qual ocorreu o emplacamento, entre outras coisas, para garantir que a emissão possa ser efetuada.

Ao final do procedimento, o contribuinte terá acesso à guia de pagamento, e poderá imprimi-la para que o pagamento seja efetuado, sendo necessário se dirigir até uma agência bancária que seja de sua preferência.

Depois disto, o contribuinte poderá ficar sossegado e tranquilo em relação ao seu papel como cidadão, pois ele terá pago o seguro DPVAT 2019 RJ, que garante assistência importante para vítimas de acidentes de trânsito.

Além disto, o contribuinte que pagar em dia o seguro DPVAT RJ também estará livre de qualquer tipo de problema junto ao DETRAN do Rio de Janeiro, evitando cobrança de multa por atraso, e também evitando outros tipos de penalização.

Deste modo, ele também garantirá algum tipo de indenização inclusive para si mesmo em caso de envolvimento em algum acidente de trânsito.


Como dar entrada no DPVAT 2019 RJ?

O DPVAT garante o direito de indenização às vítimas de acidentes de trânsito, pois se trata de um seguro de responsabilidade civil. A indenização do DPVAT cobre casos de invalidez permanente total ou parcial e morte, além de garantir o reembolso das despesas médicas e hospitalares.

Em uma batida entre dois veículos, por exemplo, cada um deles com três ocupantes, além de dois pedestres atingidos, as oito pessoas têm direito à indenização, separadamente, desde que tenham se machucado e se enquadrem nas coberturas do DPVAT (morte, invalidez permanente e despesas médicas).

Você mesmo pode dar entrada no pedido de indenização. Não há necessidade de intermediários.

As seguradoras são responsáveis pelo pagamento das indenizações e esclarecimento de dúvidas. No Detran-RJ há um núcleo de profissionais treinados para atender o cidadão e encaminhar a documentação à seguradora. Basta comparecer à sede do Detran-RJ (Avenida Presidente Vargas 817, Centro) ou a qualquer Ciretran ou SAT.

O interessado tem até três anos, a contar da data do acidente, para dar entrada no pedido de indenização do Seguro DPVAT. Nos casos de invalidez, em que o acidentado esteve ou ainda está em tratamento, o prazo passou a ser contado a partir da data da emissão do laudo conclusivo do Instituto Médico Legal.

Veja a seguir a documentação necessária para dar entrada no DPVAT RJ 2019:

Para pedidos de indenização por morte:

  • Boletim de ocorrência policial original ou fotocópia autenticada (frente e verso);
  • Certidão de Óbito com informação da causa da morte – original ou fotocópia autenticada;
  • Certidão de Auto Necropsia ou Laudo Cadavérico fornecido pelo Instituto Médico Legal (IML). Em caso de dúvida quanto à causa da morte na Certidão de Óbito – original ou fotocópia autenticada (frente e verso);
  • Carteira de Identidade ou (se não existir este documento) Certidão de Nascimento ou de Casamento ou Carteira de Trabalho ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH) fotocópia (frente e verso);
  • CPF – fotocópia (frente e verso).

Documentos dos beneficiários:

  • Carteira de Identidade – fotocópia;
  • CPF – fotocópia;
  • Comprovante de residência – fotocópia;
  • Autorização de pagamento/crédito de indenização de sinistro -Seguro DPVAT;
  • Conta bancária/ cópia dos dados bancários: cartão do banco e extrato bancário.

Cônjuge

  • Certidão de Casamento com data de emissão atual.

Companheiro

  • Prova de companheirismo junto ao INSS, ou Declaração de dependente junto à Receita Federal ou Carteira de Trabalho (prova de dependência devidamente formalizada pela Previdência Social) ou Alvará Judicial.

Descendente

  • Declaração de Únicos Herdeiros, firmada pelo(s) próprio(s) beneficiário (s), com duas testemunhas, informando o estado civil da vítima, se deixou ou não filhos ou companheira (o).

Ascendente

  • Declaração de Únicos Herdeiros, com duas testemunhas informando o estado civil da vítima, se deixou ou não filhos ou companheira (o); Certidão de Nascimento da vítima.

Colateral

  • Certidão de Nascimento da vítima ou Carteira de Identidade;
  • Certidão de Óbito dos pais da vítima;
  • Certidão de Óbito do Cônjuge ou filhos da vítima se for o caso;
  • Certidão de Casamento da vítima com data de emissão atual, indicando o estado civil de separação judicial ou divórcio, se for o caso;
  • Declaração de Únicos Herdeiros, com duas testemunhas informando o estado civil da vítima, se deixou ou não filhos ou companheira (o).

Para pedidos de indenização por invalidez:

  • Boletim de ocorrência policial original ou fotocópia autenticada (frente e verso);
  • Boletim do primeiro atendimento hospitalar ou ambulatorial;
    Laudo do Instituto Médico Legal (IML) da jurisdição do acidente ou da residência da vítima, com as características das lesões físicas e psíquicas sofridas pela vítima – original ou fotocópia autenticada;
  • Prontuário médico – fotocópia;
  • Carteira de Identidade – fotocópia;
  • CPF da vítima – fotocópia;
  • Comprovante de residência ou declaração assinada pela vítima com o endereço;
  • Comprovante do pagamento do Seguro DPVAT (somente no caso de a vítima ser o proprietário do veículo acidentado) – fotocópia;
    Conta bancária/ cópia dos dados bancários.

Para pedidos de reembolso de despesas médico-hospitalares:

  • Boletim de ocorrência policial original ou fotocópia autenticada (frente e verso);
  • CPF da vítima – fotocópia;
  • Carteira de Identidade da vítima – fotocópia;
  • Comprovante de residência ou declaração assinada pela vítima com o endereço;
  • Relatório médico sobre as lesões sofridas pela vítima e o tratamento realizado;
  • Relatório do dentista (se for o caso) sobre as lesões sofridas pela vítima e o tratamento realizado;
  • Comprovante de pagamento (recibos ou notas fiscais) de honorários e de despesas médicas, assim como as respectivas requisições ou receituários – originais;
  • Boletim do primeiro atendimento hospitalar ou ambulatorial;
  • Comprovante do pagamento do Seguro DPVAT (somente no caso de a vítima ser o proprietário do veículo acidentado) – fotocópia;
  • Conta bancária/ cópia dos dados bancários: cartão do banco e extrato bancário.

Para saber mais informações, basta acessar o Detran RJ em http://www.detran.rj.gov.br.


Caso tenha ficado alguma dúvida a respeito do que foi passado acima deixe o seu recado que esclareceremos todas as suas dúvidas a respeito do DPVAT 2019 RJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *